Especial

Ceumar, definitiva

Por Daniel Brazil - 18/07/2014

Ceumar, uma das vozes mais cristalinas da música brasileira, está de volta com novo disco, Silencia (Circus, 2014). Seguindo a linha desenvolvida em trabalhos anteriores, a cantora realiza um trabalho acústico, desta vez acompanhada por músicos que criam um clima perfeito para as suas canções.

Ceumar nasceu em Minas Gerais, e começou a estudar violão em Belo Horizonte. Seu primeiro disco, Dindinha, lançado em 2000, foi produzido por Zeca Baleiro. A faixa-título foi bem tocada nas rádios, revelando a um público maior a voz doce, maleável e afinada da cantora.

Mas Ceumar não era só uma cantora de timbre encantador. Boa instrumentista, apresentou-se muitas vezes só com voz e violão, com firme presença de palco. O segundo CD, Sempre Viva, revelou também a produtora, arranjadora e compositora refinada.

Publicidade

Foi o passo definitivo para conquistar o respeito da crítica e do meio musical. Enveredando por uma trilha cada vez mais autoral, Ceumar mostrou que não dependia das fórmulas usuais do sucesso radiofônico. Escreveu música para teatro e estabeleceu novas parcerias que ampliaram o seu universo poético, determinando um estilo.

Radicada na Holanda há alguns anos, Ceumar tocou em diversos palcos europeus, sozinha ou em grupo, principalmente com o pianista Mike Del Ferro, com quem gravou o CD Ceumar & Trio: Live in Amsterdam. A carreira internacional não tirou dela a profunda brasilidade. Suas composições têm gosto e cheiro de pátria mineira, de montanha, de maracujá, de lua refletida no riacho. A artista canta sua aldeia, e soa universal.

No novo disco, gravado em São Paulo em dezembro de 2013, Ceumar assina nove faixas com alguns parceiros, e ainda abre espaço para obras de Kiko Dinucci, Vitor Ramil e Osvaldo Borgez. A direção musical de Vincent Ségal, também responsável pelo violoncelo e pela maioria dos arranjos, é impecável. A voz envolvente de Ceumar é costurada com delicados arranjos de cordas e percussão, ponteados aqui e ali por um clarinete ou um acordeom. O belo encarte traz todas as letras cifradas, simpática atitude que deveria ser mais reproduzida, nessa época em que o CD físico deixou de ser a principal fonte de renda do artista e que a divulgação de sua obra pela internet ou pelas mãos de outros músicos cria uma nova ordem (ou desordem) no meio musical.

Ceumar tem tocado por toda a Europa, e rareado suas apresentações no Brasil. Enquanto aguarda para vê-la ao vivo, você pode baixar e ouvir o Silencia no site da artista: www.ceumar.com.br. Grande disco, de uma cantora-autora que não para de nos surpreender.
 

Publicidade